Vantagens e Desvantagens do Simples Nacional

Simples Nacional – Vantagens e Desvantagens

Simples Nacional, a princípio, remete a facilitação no recolhimento dos tributos.

E de fato isto acontece, visto que, em uma guia única, recolhe-se:

  • Impostos federais: IRPJ, CSLL, IPI, PIS e COFINS;
  • Imposto estadual: ICMS;
  • Imposto municipal: ISS;
  • INSS Patronal para a Previdência Social.

Em 2018, o Simples Nacional teve uma série de mudanças. A principal, foi o novo teto de faturamento, que passou de de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões por ano.

Mas não tão simples assim, já que:
“Quando os ganhos anuais excederem R$ 3,6 milhões, o ICMS e o ISS serão cobrados em separado do DAS* e com todas as obrigações acessórias inclusas de uma empresa normal. Apenas os tributos federais serão recolhidos de forma unificada.”

(*)DAS – Documento de Arrecadação Simplificada

Então,  é preciso verificar qual o sistema tributário é o mais adequado para sua empresa.

Algumas Vantagens do Simples Nacional:

Unificação da arrecadação

” …esse tipo de regime de tributação possuem rotinas e obrigações mensais facilitadas, além de uma carga tributária reduzida e unificada (apenas uma guia de tributos para pagar: DAS).”

Mas nem todos os segmentos podem fazer parte do Simples.

Logo, antes de qualquer coisa, é preciso verificar se o ramo de negócio está incluído.

CNPJ como único documento para os outros entes federativos

“O CNPJ passa a ser o único identificador de inscrição da empresa, não havendo qualquer necessidade de cadastros estaduais e municipais em outros estados e cidades.”

Preferência em licitações

“O Art. 44 da Lei Complementar nº 123 define empate quando a proposta apresentada é igual ou superior em até 10% no caso de Concorrência e igual ou superior em até 5% no caso de Pregão.”

Agora algumas Desvantagens:

Não há reembolso de tributos para os clientes

“As empresas enquadradas no Simples Nacional não marcam na nota fiscal o quanto foi pago de IPI e ICMS.”

Então o Cliente não pode se creditar destes impostos.

Cálculo sobre o faturamento

“O cálculo do Simples Nacional é feito sobre o faturamento e não sobre o lucro, o que pode levar a empresa a pagar o mesmo valor de tributos tendo prejuízos – como em outros regimes.”

Regra básica

“No entanto, uma regra básica precisa ser levada em consideração: quanto maiores os gastos com folha de pagamento, mais vantajoso ele é. ”

Leia a matéria completa no blog do PortaldaContabilidade

Etiquetas: , , ,

Proofing - parceria administrativa

A Proofing é a parceria ideal quando seu negócio precisa de reforço na gestão por tempo parcial e/ou num problema especifico.